Iluminação

O termo LED vem do inglês Light Emitter Diode ou diodo emissor de luz. Trata-se de um componente eletrônico semicondutor, que dissipa a energia excedente que recebe em forma de luz, diferente das outras opções de iluminação, as quais perdem muita energia em forma de calor e iluminam de maneira pouco eficiente.

No LED, a transformação de energia elétrica em luz é feita na matéria, sendo, por isso, chamada de Estado sólido (Solid State).

Vantagens:

  • • A economia de energia e a durabilidade proporcionadas pelas lâmpadas de LED justificam seu custo um pouco mais elevado. Sua vida útil é, em média, 5 vezes maior que a das lâmpadas convencionais.
  • • Ilumina mais e consome menos.
  • • Luminosidade direcionada. Apenas 6 a 8 Watts de potência produzem a mesma luminosidade que uma incandescente de 100 Watts, sendo cerca de 12 vezes mais eficiente.
  • • Não desbota objetos, não contém mercúrio, não emite calor nem raios UV.
  • • Uma lâmpada de 100w tem um consumo médio de 0,1KW/h. Já a LED oferecendo uma mesma iluminação com potência de 7w e um consumo de 0,007kw/h.
  • • Não possuem um número determinado de quantas vezes podem ser ligadas e desligadas como as lâmpadas comuns e ligam instantaneamente, ao invés de 1 a 2 segundos das lâmpadas convencionais.


Voltar para soluções